Qual o recorde olímpico de Cesar Cielo? Verifique isto – Qual o recorde César Cielo nas Olimpíadas


Cielo bateu os dois recordes em 2009. Os 100m com o tempo de 46.91 e os 50m com a marca de 20.91. Em Tóquio, o americano Caeleb Dressel cravou 47.02 para faturar o ouro, abaixo do tempo de Cielo.O campeão olímpico fez o tempo de 20s91 no clube de Pinheiros, na capital paulista, e quebrou a marca de 20s94 que pertencia ao francês Frederick Bousquet, companheiro de treino do brasileiro nos EUA.

Cesar Cielo ainda segue como recordista mundial dos 50m livre, com a marca conquistada em dezembro de 2009, 20s91.

Com o tempo de 20'30", Cielo bateu o recorde olímpico que ele mesmo havia estabelecido no dia anterior, nas semi-finais da prova. Amaury Leveaux e Alain Bernard, da França, completaram o pódio, com prata e bronze, respectivamente.

Qual é o nadador mais rápido do mundo

Um nadador romeno de 17 anos quebrou o recorde mundial de César Cielo nos 100 metros livres que estava vigente desde 2009. Trata-se de David Popovici, que superou a marca do brasileiro em cinco centésimos ao completar a prova em 46s86 e se tornou o mais rápido da história.Principais resultados

  Qual o valor de um buffet para 30 pessoas? Verifique isto - Quanto custa em média um buffet para 30 pessoas
AnoTorneioMarca
2007Jogos Pan-americanos3:15.90
2007Jogos Pan-americanos3:35.81
2008Jogos Olímpicos21.30
2008Jogos Olímpicos47.67

O recorde olímpico ficou com o norte-americano Caeleb Dressel, que fez a marca de 21s07. A marca anterior, 21s30, durava desde os Jogos de Pequim-2008.

47 segundos
Cielo relembra bronze em Pequim: 'Eu virei outra pessoa em 47 segundos' Nas Olimpíadas de Pequim-2008, César Cielo conquistou a medalha de ouro nos 50 metros livre.

Qual o tempo de Cielo nas Olimpíadas de 2008

Cielo é o dono absoluto do primeiro lugar no top 10 das provas de 50m livre dos Jogos graças ao desempenho impecável de Pequim 2008. Ao fechar a final em 21s30, Cielo estabeleceu um recorde olímpico que dura até hoje e se tornou o primeiro medalhista de ouro do Brasil na natação.Em distâncias curtas, podem chegar até 56 quilômetros por hora. A maior velocidade atingida por um homem na água não é de Phelps, é do brasileiro Cesar Cielo recordista mundial dos 50 metros nado livre com 20.91 o que dá aproximadamente 8,6 quilômetros por hora.MICHAEL PHELPS
MICHAEL PHELPS – 28 medalhas
O nadador americano tem 28 medalhas conquistadas em Olimpíadas, sendo 23 de ouro. Mesmo se ele não tivesse as três de prata e duas de bronze, o atleta ainda seria o maior vencedor da história. Nascido em Baltimore, nos Estados Unidos, Phelps disputou cinco edições dos Jogos Olímpicos.

  Quem é o maior culpado pelo consumismo? Verifique isto - Como o consumismo transforma a sociedade

21s30
Cielo detém os recordes olímpicos e mundial da prova. O melhor tempo conquistado em Olimpíadas veio em Pequim 2008, com um 21s30, que consagrou o brasileiro com o ouro. Um ano depois, o nadador voltou às piscinas para construir o melhor tempo do mundo, com 20s91.

47 segundos
Cielo relembra bronze em Pequim: 'Eu virei outra pessoa em 47 segundos' Nas Olimpíadas de Pequim-2008, César Cielo conquistou a medalha de ouro nos 50 metros livre.

  Quem é irmã do Zé Ramalho? Verifique isto - Quem é a irmã do Zé Ramalho

46,86 segundos
O adolescente romeno David Popovici estabeleceu um recorde mundial nos 100 metros livres da natação ao conquistar o ouro com o tempo de 46,86 segundos no Campeonato Europeu de Esportes Aquáticos em Roma, na Itália, neste sábado (13).

Qual é o maior recorde de natação

Michael Phelps
O atual recorde mais duradouro na natação tem uma década e meia e pertence a Michael Phelps (USA), obtido através de uma das suas 23 medalhas de ouro em Jogos, nos 400m medley de Beijing 2008: 4min03s84.21.34
Na semifinal dos 50m livre, quebrou o recorde olímpico com o tempo de 21.34, que pertencia a Alexander Popov. Na final dos 50m livre, conquistou medalha de ouro, mais uma vez quebrando o recorde olímpico com o tempo de 21.30 e se tornou o primeiro brasileiro campeão olímpico na natação.Aquela noite de 16 de agosto de 2008, quando superou os favoritos franceses Amaury Leveaux e Alain Bernard e cravou o recorde olímpico da prova 21s30, desperta fortes emoções em Cielo até hoje: – Às vezes eu me pego chorando sozinho aqui em casa quando eu assisto aos vídeos.